CONTEÚDO SOBRE O COMÉRCIO EXTERIOR
E A TRIBUTAÇÃO INTERNACIONAL
Buscar em todo o site:

Notícias | Exportações de café solúvel caem em julho e ficam em 326.815 sacas, diz Abics

13/08/2019

São Paulo, 12 – As exportações brasileiras de café solúvel tiveram queda em julho deste ano na comparação com igual período de 2018, informou nesta segunda-feira, 12, a Associação Brasileira da Indústria de Café Solúvel (Abics). Em volume, as vendas externas caíram 3,46% na comparação anual, para 326.815 sacas de 60kg. A receita no mês teve queda ainda mais considerável, refletindo o recuo dos preços da commodity: 17,48%, para US$ 46,26 milhões.



As exportações totais no acumulado dos sete primeiros meses de 2019 ainda apresentam crescimento de 13,63% em relação ao mesmo período de 2018, para 2.315.587 sacas. As receitas, entretanto, recuaram 0,93% no período, para US$ 338,4 milhões.



Os principais destinos do café solúvel brasileiro entre janeiro e julho de 2019 foram os Estados Unidos (372.851 sacas, 11,92% a mais do que no mesmo período de 2018), Rússia (220.578 sacas, queda anual de 5,11%) e Indonésia (171.569 sacas, aumento anual de 11,61%).



O diretor de Relações Internacionais da Abics, Aguinaldo Lima, afirmou que os resultados do acumulado do ano são positivos e estimou que o Brasil possa exportar 500 mil sacas de solúvel a mais do que no ano passado.



“Assim como o café verde, o solúvel brasileiro vem ganhando mais espaço no mercado internacional e, se essas projeções permanecerem nesse ritmo, o Brasil poderá exportar 500 mil sacas do produto a mais em relação a 2018”, estimou ele em nota.



Fonte: Dinheiro Rural